Katas Goju-kai

Acervo de vídeos de Kata Goju-Ryu (IKGA) Fonte: IKGA-BRASIL (www.ikgabrasil.com)

O kata é uma sequência de técnicas defensivas e ofensivas pré-estabelecidas, que é realizado individualmente (ou em grupo) contra vários adversários imaginários. Deve-se dar atenção especial a três aspectos fundamentais do Karate na execução do Kata:
1 – A contração e o relaxamento muscular.
2 – A expansão e contração do corpo no menor espaço de tempo e a velocidade que as técnicas são executadas (o somatório desses fundamentos é denominado Kime (explosão máxima do golpe).
3 – E o Embusen, ou linha de atuação, que é único para cada kata.

www.ikgabrasil.com/Img/ConteudoKata/20110204094006/taikyoku.jpg

Taikyoko significa, literalmente, o primeiro estágio. Um termo filosófico para o seu significado: Forma original do Universo ou Universo em Construção. As versões de Goju-Ryu, mais especificamente, na linhagem japonesa conhecida como Goju-Kai, foram adaptadas por Gogen Yamaguchi que os adequou às peculiaridades do estilo, tal como o Shiko e o Sanchin Dachi. Todos eles seguem a movimentação básica em forma de H padrão. No estilo Goju-Kai, são dez formas de Taikyokos, treinados como formas introdutórias às séries fukyu. Os seis primeiros Taikyokos são derivados dos gekisais. Os quatro katas seguintes originam-se de katas avançados : Taikyoko kake-uke utiliza-se de partes do kata Shisochin; os katas Taikyokos mawashi-uke ichi e ni contêm aspectos do Seisan e Suparinpei. Assim, ao atingir um nível avançado, os praticantes estarão melhor preparados para as técnicas exigidas no estágio em que se encontram.

www.ikgabrasil.com/Img/ConteudoKata/20110204094006/taikyokolistagem.jpg

Taikyoko Jodan dai Ichi

Tensho
www.ikgabrasil.com/Img/ConteudoKata/20110204094006/tensho.jpg
Ten significa rodar e Sho significa mão aberta. Este kata foi desenvolvido pelo Sensei Chojun Miyagi da kata Rokkishu do stilo chines garsa branca. Rokkishu significa seis mãos e denota as diferentes posições de mãos neste kata. Tensho combina os movimentos com suavidade.
É a combinação entre a tensão com uma forte respiração e movimentos de mãos suaves e fluidos.

Comentário: O tensho e sanchin são os Katas mais importantes do estilo, a primeira vista aparentemente são fáceis de se executar em seus movimentos porém exige do praticante muito treinamento da força e respiração o tensho é segundo os estudiosos do assunto é o Kata que consegue transmitir a quem seja leigo ou karateka experiente a união perfeita da Força (GO) e o flexível (JU).

***

Sanchin 

www.ikgabrasil.com/Img/ConteudoKata/20110204094006/sanchin.jpg
Significa (três batalhas). Ele não se refere a batalhas reais, ou físicas, mas a batalha interna que se aproveita do corpo, mente e espírito por meio da força de vontade. É um clássico do Kata rígido (GO), que envolve tensão muscular contínua por todo o corpo, bem como a rigidez do (Ibuki), ou seja, respiração. Esta respiração é alta, concentrada e intensa, e o kata é todo realizado na base Sanchin dachi.

Comentário: Como foi mencionado anteriormente o Sanchin kata é a essência do estilo Gojuryu, simplesmente é o Kata que conseguiu transmitir a todos o que Chojun Myagi sensei queria: O equilíbrio entre a força e flexibilidade, aonde é impossível eficiência nos golpes somente com a Força (GO) ou flexibilidade (JU), sendo equilibradas de uma forma harmoniosa com efeitos devastadores nos adversários em curta distância de combate.

***

Gekisai Dai ni 

Gekisai dai ichi / Gekisai dai ni
www.ikgabrasil.com/Img/ConteudoKata/20110204094006/guekisai.jpg
Significa ataque e destruição. Estas katas, foram inicialmente introduzidas pelo Sensei Chojun Miyagi em 1940. Este nome fica a dever-se à época em que foram criadas estas katas, o período da 2ª Guerra Mundial, Dai Ichi – número um, Dai Ni – número dois, além de ser composto de técnicas básicas que facilitam a aprendizagem posterior de técnicas mais complexas encontradas nos katas clássicos, a partir de Saifa.


Guekisai dai ichi

Guekisai dai ni

***

Saifa
www.ikgabrasil.com/Img/ConteudoKata/20110204094006/saifa.jpg
Saifa significa romper e esmagar ou esmagar e partir em várias partes. Esta kata é de origem chinesa e foi trazida para Okinawa pelo Sensei Kanryo Higaonna. Ataques para os lados e técnicas de libertação são realçados nesta kata. Os ataques são circulares com movimentos livres nas articulações do pulso, cotovelo e ombro como um chicote aumentando a velocidade e força.

Comentário: Saifa é um kata que o verdadeiro praticante do Goju-ryu tem de ficar atento, por existir algumas versões de outras linhagens a W.K.F. padronizou de uma forma para que os árbitros pudessem ter parâmetros para julgar e avaliar nos campeonatos da WKF e suas filiadas pelo mundo. Porém em minha humilde opinião este vídeo em questão é da Gojukai seria o mais real em termos de Bunkai e combate por utilizar a curta distância e a projeção do quadril á frente tanto nos tetsuis tanto no olhar das puxadas no início do kata. O vídeo da versão Shitei pode ser encontrado AQUI.

(Breve vídeo)

***

Seiyunchin
www.ikgabrasil.com/Img/ConteudoKata/20110204094006/seyenchin.jpg
Significa Controlar e puxar. Esta kata é caracterizado pela respiração e movimentos lentos com muchimi. Todos os movimentos são técnicas de mãos, sem pontapés. Esta kata dá ênfase às posições fortes e estáveis e tal com o seu nome diz, existem muitas técnicas de puxar e atacar.

(Breve vídeo)

***

Shisochin
www.ikgabrasil.com/Img/ConteudoKata/20110204094006/sisochin.jpg
Shisochin, significa ataque a quatro portas ou ataques e defesas em quatro direções podendo também significar literalmente, lutar em quatro direções. Uma razão para isso é que este Kata normalmente inclui uma combinação de técnicas executadas em quatro direções. Pode também ser uma representação dos quatro elementos representados pela medicina chinesa : madeira, fogo, metal e água, e o homem que representa a Terra. Também de origem chinesa, esta kata foi ensinado ao Sensei Kanryo Higaonna pelo Sensei Ryu Ryu Ko. Movimentos de esquiva e de empurrar são realçados por movimentos de anca acentuados. Para além de técnicas de empurrão para distanciar o oponente, esta kata contém também técnicas de corpo a corpo, tais como ataques e chaves às articulações. Diz-se ser um dos katas favoritos Chojun Miyagi, em seus últimos anos, e que estava bem adaptado ao seu corpo.

***

Sanseru
www.ikgabrasil.com/Img/ConteudoKata/20110204094006/sanseryu.jpg
Significa o número 36, calculado pela fórmula 6×6. O primeiro 6 representa a vista, a orelha, o nariz, a língua, o corpo e o espírito e o segundo 6 representa a cor, a voz, o paladar, o cheiro, o tacto e a justiça. A kata tem igualmente 36 movimentos.
É caracterizada por movimentos rápidos na defesa de ataques de curta distância. Foi estudado por Miyagi Sensei junto a um aluno direto de Ryu Ryuko Sensei durante sua estada em Fuzhou, China início em 1916, Escrito em caracteres chineses, Sanseiru é o número 36. Simbolicamente, é calculado a partir da fórmula 6×6. O primeiro 6 representa olhos, orelha, nariz, língua, corpo e espírito. O segundo seis simboliza a cor, voz, olfato, paladar, tato e justiça. Já outros atribuem sua designação numérica às raízes no budismo. É importante salientar que os números tiveram um papel muito importante na linguagem dos chineses mais antigos antes da invenção do kanji. A variação moderna para a interpretação numérica do Kata, é a de que eles se referem a um método sistemático e compreensão de determinados agrupamentos de pontos de pressão vital. A partir desta ciência é que as artes marciais foram baseadas e desenvolvidas. Feng Yiquan, que viveu durante a Dinastia Ming (1522-1567) desenvolveu este método particular de usar variações dos 36 pontos proibidos para derrotar seus oponentes. Sanseiru pode ser encontrado em alguns estilos de boxe Chinês

***

Sepai
www.ikgabrasil.com/Img/ConteudoKata/20110204094006/sepai.jpg
Significa o número 18, calculado a partir de 6×3. O número 6 representa o mesmo que o segundo 6 da Sanseru (cor, a voz, o paladar, o cheiro, o tacto e a justiça). O número 3 representa o bom, o mau e a paz. O número 6 também faz referência aos olhos, orelha, nariz, língua, corpo e espírito. O 3 representa bons, maus, e paz. Não há interpretações que o liguem a atribuos budistas, mas 18 também é entendido como pontos de pressão vital do oponente. Este Kata exemplifica o verdadeiro espírito do Goju-Ryu de Okinawa : uma mistura de flexibilidade, técnicas circulares (o princípio JU) com rididez (o princípio GO).

Comentário: Sepai é outro kata que foi padronizado pelo W.K.F. para ser inserido nas competições por conter diversas versões tanto da Gojukai, JKF, e outras linhagens partindo desta concepção este kata foi “mudado” para cumprir este fim, de inserí-lo nas competições da W.K.F. os faixas altas que estiverem treinando este kata devem ficar atentos para não misturar os padrões que por incrível que pareça ainda gera muita confusão,  voce pode assistí-lo padronizado clicando AQUI. Porém esta versão é da Gojukai.


***

Seisan
www.ikgabrasil.com/Img/ConteudoKata/20110204094006/sesan.jpg
Significa o número 13 ou seja dizer treze mãos. Contém oito técnicas defensivas e cinco de ataque, todas executadas com mudanças de direção. Na China, o número treze representa boa sorte e prosperidade. Na escola tradicional Goju-Ryu, há técnicas onde recua-se ao mesmo tempo em que o oponente é envolvido ao ser agarrado, mantido sob controle, e atingindo em algum ponto vital de seu corpo. Este Kata é um exemplo perfeito desse princípio. Ela enfatiza o combate a curta distância, com socos curtos e técnicas e chutes baixos para romper a defesa do adversário. Seisan é um Kata muito importante no estilo Goju-Ryu e deve ser praticado continuamente, pois é muito rico em informações, técnicas e conhecimentos Esta kata dá ênfase à luta de curta distância com socos curtos e pontapés baixos em várias direções. É caracterizada pela combinação de técnicas rápidas e explosivas contrabalançando com técnicas lentas e pesadas executadas com muchimi.


***

Kururunfa
www.ikgabrasil.com/Img/ConteudoKata/20110204094006/kururunfa.jpg
Significa o número 19 ou parar o ataque que vem e partir. Nesta kata, sobressaem o Tai Sabaki e os movimentos rápidos, também pode significar calma eterna. Foi estabelecidodo pelo mestre chinês de Higaonna Kanryo Sensei, Ryu Ryuku, mas o criador original deste kata é desconhecido. Kururunfa contém uma grande variedade de técnicas de mão aberta e, especialmente, da coordenação entre técnicas de mão e quadril. Como o Seisan, os movimentos suaves do Kururunfa são seguidos por movimentos rígidos. Porém, neste kata, a diferença entre rígido e o flexível são muito mais notáveis ao observarmos os movimentos lentos e prolongados seguidos de pausas com devastadoras técnicas explosivas. Kururunfa simboliza os ideais de Go (rígido) e Ju (flexível), com transições rápidas e arrebatadoras.


***

Suparinpei
www.ikgabrasil.com/Img/ConteudoKata/20110204094006/suparinpei.jpg
Significa o número 108. O antigo nome desta kata era Pichurin. Havia também antigamente 3 variantes desta kata, o Dai, Chu e Sho. Atualmente pratica-se a variante Sho. O número 108 tem um significado especial no Budismo, visto que acreditam que há 108 paixões demoníacas. Calcula-se pela fórmula 36×3. O número 36 tem o mesmo significado de Sanseru e o número 3 representa o passado, o presente e o futuro. Suparinpei é o kata que contém o maior número de técnicas e variações. Seu significado sugere forte referência ao budismo: (Pechurin), Cento e oito (3×36 = 108). Acredita-se que o homem possua 108 paixões maléficas e, por isso, nos templos budistas, todo 31 de dezembro, à meia-noite, um sino soa 108 vezes para afugentar os espíritos do mal. O número 108 é calculado a partir de 3×36. O simbolismo do número 36 é o mesmo contido no Sanseiru. Entre as mais diversas técnicas, Suparinpei inclui o controle da respiração, e contém o maior número de aplicações com profundidade de significados. Este kata engana na medida em que parece simples na execução, mas quando combinado com as transições e aos tempos de execução, é superado apenas pelo Sanchin em dificuldade técnica e compreensão. Suas técnicas podem ser encontradas em alguns estilos de Boxe Chinês. Dizem que, dominar o Suparinpei é domínar do sistema Goju-Ryu.

***

**Katas Genkaku e Chikaku (não temos autorização de divulgação do vídeo destes katas)

São katas Superiores que devem ser somente aprendidos por mestres acima de 5ºDan.


Anúncios